Páginas

domingo, 24 de outubro de 2010

Disseste para ter cuidado

Disseste para que tivesse cuidado com o vento,
pois bastaria um instante para deixar de ser brisa e virar ventania
Disseste para que tivesse cuidado com o sol,
pois bastaria um dia para deixar de ser um leve raio e queimar-me profundamente
Disseste para que tivesse cuidado com os bichos, 
pois bastaria um gesto para deixar seu jeito manso e virar feras
Porém, não disseste para que tivesse cuidado com o amor,
pois bastaria tempo para deixar de ser doce e virar solidão.

Maria Sozza

Nenhum comentário:

Postar um comentário