Páginas

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Silêncio e solidão

A vida nos ensina muitas coisas, por exemplo:
Aprendi a ser forte com as constantes ressacas do mar
Aprendi a ser brava com os espinhos nos quais tanto me espetei
Aprendi a calar com os desouvidos que tomei
Aprendi a não esperar com o tempo que perdi
Aprendi a não chorar com o choro que derramei
Aprendi a fingir não gostar com todo o desprezo que senti

E no entanto, sempre me pego perdida em uma esquina da vida
Sem saber como fui parar lá
Sem saber porque me deixei levar
Sem saber por qual caminho retornar

Infelizmmente as amizades vêm e vão
E infelizmente eu ainda não aprendi que elas são mesmo assim, sem exceções
Como plumas ao vento, quando menos se espera escapam da visão
E perdido você fica, sem saber para onde foram 
e sem saber também de onde você veio.

Maria Sozza

Nenhum comentário:

Postar um comentário